segunda-feira, 5 de maio de 2014

Minha variável

Naquele dia que você pensa, pensa e repensa... Despensa...
Queria "A", aceito "B", e no fim "C" é tão a minha cara... Mas "D" é tão parecido com "A". Na minha loucura, de gente querendo "A", que eu quero "D"... E acho, acho para não dizer que tenho certeza, que quero "D", por que me faz lembrar "A" e sim, eu não sou simples.
Mas não pode, não pode porque as regras não deixam, porque a vida é assim, e vamos querendo as letras. Mas que sabe, no fim, a minha variável deva ser um int e eu aqui tentando atribuir um char.


Desculpe, pela metáfora de programação, mas sou eu, faz parte de mim tudo isso... E nada disso.