quinta-feira, 7 de março de 2013

Quero um pouquinho!

Eu quero um pouquinho de cada coisa, de cada sentimento. Quero sim, um pouquinho para me fazer completa, para fazer de mim alguém, que agrade aos olhos, do coração, no primeiro olhar.
Quero dos amigos o companheirismo, dos amantes o carinho, dos pais o amor incondicional. 
Quero dos filhos a ideia de ser perfeito para alguém. 
Quero dos jovens a ousadia, dos velhos a sabedoria.
Quero dos irmãos a amizade, quero do poeta a facilidade de transformar em palavras o que se sente, do vento a capacidade de tocar sem ser visto, do sol o calor, quero da chuva a força, do mar a imensidão, da mata quero a variedade e a harmônia... 
Quero dos pássaros a liberdade. 
Quero até... Do silêncio a paz, do barulho a confusão... 
Quero das meninas a delicadeza e dos meninos a simplicidade...
Quero tanto, quero as coisas boas... Quero me tornar o que quiser ser!
Quero me tornar eu mesma, ser completa como eu achar que deve ser.